Ela teve atitude de fé e entrega.

18:50



Ana Mãe de Samuel.
Elcana tinha duas mulheres: Penina, que tinha filhos, e Ana que desejava, mas não conseguia engravidar (1 Samuel 1:2).
Durante anos Penina irritava e provocava Ana por esta não ser mãe (1 Samuel 1:6). Isso entristecia o seu coração, o que a fazia sempre chorar na presença do Senhor. Porém, um dia ela fez uma oração específica, pedindo uma criança a Deus, que seria entregue paraTemos que aprender com ela a acreditar e não desistir de que viveremos o melhor de Deus em nossas vidas. Devemos não nos deixar levar por opiniões das pessoas, por circunstâncias e por não ver nada acontecendo. Isso é ter fé.servir ao Senhor. E assim, o clamor de Ana foi atendido (1 Samuel 1:10 e 20).
Fé incessante
Apesar de Ana sofrer com as agressões de sua rival Penina, de não ter a compreensão de seu marido quanto ao seu sofrimento (1 Samuel 1:8) e de sua entrega não ser entendida pelo sacerdote Eli, que a julgou por embriagada (1 Samuel 1:12-16), ela não deixou de acreditar que Deus poderia lhe dar o filho que ela tanto desejava.
O mais interessante é que ela não se estressou com ninguém; ela manteve o equilíbrio, mas colocava toda a sua ansiedade e sofrimento no altar do Senhor.
Será que fazemos isso também quando desejamos algo que não temos? Ou entramos no desespero, perdemos a compostura e também a fé?
Entrega da promessa
Ana engravidou e deu à luz Samuel. Pouco tempo depois de ele desmamar, ela o consagrou a Deus e o entregou ao sacerdote Eli, para que com ele servisse ao Senhor, assim como quando ela orou e fez um voto diante Dele (1 Samuel 1:24 e 1 Samuel 2:11).
Ela foi uma mulher de palavra. Ao nascer Samuel, Ana sabia que ele era fruto de sua oração e de uma promessa de consagração, por isso tinha que colocar sua fé em prática.

Imagine o quanto ela não sofreu ao se desprender de seu filho? Mas Ana não se prendeu neste seu sentimento, ela queria mesmo era servir ao Senhor com o milagre da vida que Ele mesmo concedeu a ela.
Talvez este seja um segredo: Deus nunca pode te dar algo que você não pode dar a Ele. Deus não quer você preso a nada e a ninguém, Ele quer sim dar o melhor desta Terra a você, mas isso não pode ocupar o lugar d'Ele na sua vida.

Vá até o fim. Coloque sua fé em ação. Se desprenda dos sentimentos de posse e consagre o seu melhor a Deus. Ana fez isso ao consagrar Samuel ao Senhor e ele se tornou um sacerdote, que escreveu uma linda história de obediência e consagração.

Leia Também

3 comentários

  1. Verdade, nosso melhor tem que ser pra Deus.
    Belíssimo post.

    ResponderExcluir
  2. pois é, uma mulher humilhada é lembrada até hoje por sua fé,e ainda foi mãe de um grande homem, ninguém lembra dos filhos da penina nem seus nomes, mas o filho de Ana!!!

    ResponderExcluir
  3. Linda mensagem, Ana deu o seu melhor para Deus. Que sigamos belo exemplo de dedicação e entrega. Parabéns pela rica e abençoada mensagem. bjsss

    ResponderExcluir

Agradeço por comentar no blog.
A sua opinião ajuda a melhorar o blog.Deixa o seu link para que eu possa retribuir.
Volte sempre.

O que as pessoas comentam..

Postagem em destaque

As três Marias