Ceia de Natal saudável

17:11

 Fim de ano sem pesar na balança


As festas de fim de ano costumam desestabilizar as dietas saudáveis. Além de engordar, o abuso de comidas calóricas e de bebidas alcoólicas no Natal e no Ano Novo faz mal ao coração.
Mas é possível fugir dos excessos. Pratos saudáveis podem evitar o aumento das taxas de colesterol e triglicérides e doenças como diabetes e hipertensão. Veja como aproveitar as ceias sem prejudicar a saúde.
As festas de fim de ano costumam desestabilizar as dietas saudáveis. Isto acontece porque as pessoas associam comida gostosa com alimentos calóricos e abusam na ceia de Natal. Mas é possível a refeição ser saudável e saborosa ao mesmo tempo.
"Uma ceia saudável e equilibrada pode ser gostosa e harmoniosa. O que não podemos esquecer é de controlar a quantidade ingerida. O excesso é que muitas vezes compromete a dieta", informa a nutricionista Joana Lucyk, da clínica Saúde Ativa, em Brasília.
Além disso, a ceia natalina está repleta de alimentos que fazem bem para nossa saúde e que só têm safra nesta época do ano. Por isso, fazer trocas de comidas é uma forma inteligente de manter o sabor na refeição. "Invista nas nozes, castanhas, amêndoas, ameixas, figos, nectarina, uva, cereja, aspargo, cogumelo, abóbora, abobrinha e nabo, porque possuem baixas calorias e são ricos em vitaminas, minerais e antioxidantes", sugere Paula Castilho, nutricionista da clínica Sabor Integral, em São Paulo.
"Qualquer alimento quando bem elaborado pode ser gostoso e saudável sem precisar da adição de gordura. É só usar a criatividade e os alimentos da época para garantir qualidade e diversidade nas preparações", explica Paula.
Existem outras maneiras de deixar a ceia de Natal deliciosa e com menos calorias. "Se tiver uma salada bem colorida, com castanhas e molho de abacate, ou um molho funcional feito com temperos selecionados, fica muito saboroso e saudável", avisa a nutricionista Roberta Pisani, da Clínica Espaço Saúde, em Campinas (SP). "É importante acabar com esse mito de que ceia boa é ceia calórica", propõe Roberta.
Antes da ceia

Para compensar as calorias ingeridas na ceia, o ideal é diminuir a ingestão de açúcar, álcool e gordura duas semanas antes das festas. Alimente-se com pequenas e leves refeições durante o dia.
Não fique horas sem comer, pois a falta de nutrientes pode provocar fraqueza, tontura e mal-estar. A ausência de líquidos também é prejudicial, por isso mantenha-se hidratada com bastante água e sucos de frutas.
Na hora de preparar a ceia, resista e não belisque os quitutes, assim você evita calorias extras antes da hora.
Tempero bebidas e sobremesas

Essencial para conferir sabor aos alimentos, o tempero também pode ser um vilão à saúde quando mal utilizado. O sal é o condimento mais conhecido e usado, mas em excesso ele causa retenção de líquidos, hipertensão, entre outros problemas.
Por isso, substituir o sal por outros temperos deixa sua ceia de Natal mais saudável e até mais saborosa. "Prescrevo para os meus pacientes um tempero funcional que vai curry, sálvia, açafrão, cominho e pimenta", indica a nutricionista Roberta Pisani. Outros condimentos, como salsinha, manjericão, tomilho, gengibre e hortelã, são ótimos para deixar os alimentos com um gostinho ainda mais especial.
No caso das bebidas, o recomendado é evitar as alcoólicas e os refrigerantes. Invista em sucos de frutas naturais e coquetéis de frutas. "A bebida alcoólica faz mal ao fígado e engorda. Um mililitro de álcool fornece sete quilocalorias, além de provocar inchaço nos membros inferiores e superiores", esclarece Roberta.
"Se optar pelas bebidas alcoólicas, tente não consumi-las em jejum e sempre intercale o consumo com água", aconselha Joana Lucyk. Para aqueles que adoram refrigerantes, também há uma solução. "Faça um refrigerante de mentira, com limão, água e bicarbonato", sugere Roberta.
Outra tentação da ceia de Natal são as sobremesas. Mas já é possível fazer diversas trocas inteligentes. "Invista em doces com frutas, use cremes de leite e leite condensado de soja ou light, faça gelatinas com frutas e tortas com farinha integral e aveia", aconselha Paula Castilho.
Faça mudanças também no preparo da tradicional rabanada. "Use leite desnatado e açúcar orgânico no preparo deste doce", recomenda Roberta. "Ao invés de fritar, basta assar as rabanadas. Dessa forma, se diminui as calorias provenientes do óleo", sugere Joana.
Evite os exageros

Mais do que fazer trocas inteligentes de alimentos, é importante entender que as tentações da ceia de Natal engordam e fazem mal à saúde. "É muito comum o paciente voltar das festas de fim de ano dois a três quilos mais pesado", informa Roberta. Por isso, quem comete excessos na refeição natalina deve tomar alguns cuidados antes e depois da comemoração
E não adianta apenas fazer compensações alimentares nos dias que antecedem a ceia. "O que se deve fazer é adotar uma dieta equilibrada sempre. Caso houver exageros na ceia, o paciente deve retornar para a dieta adequada às suas necessidades individuais para reequilibrar o organismo. O nutricionista é imprescindível neste processo", alerta Joana Lucyk.
Se mesmo assim você cair em tentação na ceia de Natal, não descuide mais da alimentação quando acabar as festas. "O ideal é fazer uma dieta de desintoxicação depois, a base de frutas, chás, saladas e carnes brancas. Mas o mais importante é pensar que o problema não é o que engordamos entre o Natal e o Ano Novo, mas sim entre o Ano Novo e o Natal", adverte Paula Castilho. "Uma dieta balanceada diariamente tolera algumas regalias nos dias de festa", avisa a profissional.
Portanto, siga algumas dicas da nutricionista enumeradas abaixo e mantenha uma alimentação saudável o ano todo. /strong>
Para diminuir gordura
- Cozimento a vapor, em papilotte ou assados: concentra o sabor e diminui a perda de nutrientes;
- Grelhados: de preferência utilizando panelas antiaderentes para evitar a adição de gordura;
- Refogados e ensopados: substituir a gordura por caldos, ervas, sucos, que além da cor, adicionam sabor;
- Prefira alimentos lácteos desnatados nas receitas;
- Evite frituras.
Para diminuir o açúcar
- Frutas assadas, em papilotte ou grelhadas: ao cozinhar, o líquido evapora e a frutose (o açúcar da fruta) fica mais concentrada.
- Adicionar essência de baunilha ou canela também contribui para o sabor doce.

Leia Também

1 comentários

  1. Só desejo um abençoado Natal a você e a todas as pessoas que estão ao seu redor que Jesus possa se fazer presente em seus corações até a alma transbordar. bjss

    ResponderExcluir

Agradeço por comentar no blog.
A sua opinião ajuda a melhorar o blog.Deixa o seu link para que eu possa retribuir.
Volte sempre.

O que as pessoas comentam..

Postagem em destaque

As três Marias