Como conversar com classe

12:51

Porque precisamos conversar
A necessidade de se comunicar com seus semelhantes faz do homem um ser social. A comunicação serve para que uma pessoa ensine, transmita, compartilhe pensamentos, aflições e alegrias, e também aprenda.
Conversar implica falar com clareza e escutar com atenção. O bom ouvinte, além de não se desligar do ambiente, escuta com atenção quem fala, para poder responder de forma inteligente e construtiva.
O olhar é um componente importante da comunicação eficiente, pois transmite sentimentos, atenção e interesse. Quem ouve deve dirigir o olhar para a pessoa que fala e quem fala deve dirigir o olhar para todos que o ouvem.
Em uma roda de amigos ou reunião de trabalho, a etiqueta dita algumas regras para que as relações sociais sejam agradáveis.
 O que não fazer ao conversar.
Tiago 1:19 diz:Todo homem,pois seja pronto para ouvir,tardio para falar...
Nunca devemos interromper quem está falando introduzindo um assunto novo. Podemos fazer comentários que estimulem o falante a expressar com clareza o assunto em pauta.
É desagradável parecer que quer dominar a conversa. Não monopolize a atenção em assuntos pessoais e tome cuidado para continuar um assunto que começou.
Evite abordar temas polêmicos como religião, futebol e política. Se essa conversa vier à tona e trouxer divergências, aproveite para conhecer outro ponto de vista. Saiba contestar com classe, sem alterar o tom de voz e reagir com agressividade.
Também é de extremo mau gosto corrigir erros de português. Sinceridade demais é o caminho mais rápido para se criar uma inimizade.
Etiqueta na conversa com amigos.
Tiago 3:3 diz:Se alguém não tropeça no falar...
Tiago 4:11 diz:Não faleis mal uns dos outros....
Não é elegante dizer gírias, palavrões, tocar em assuntos indiscretos e fazer fofocas, bem como falar demais, repetindo as mesmas histórias. Evite comentários pejorativos sobre o aspecto físico das pessoas, como "Nossa, você emagreceu demais" ou "Você está tão branco, está passando bem?".
Seja humilde, ninguém é obrigado a saber de tudo, portanto não opine sobre o que não entende. Você não precisa mostrar que sabe mais que os outros, a arrogância espanta as pessoas.
Excesso de curiosidade é deselegante. Não faça perguntas sobre assuntos particulares de seu interlocutor, como "Quanto você ganha?", "Quanto custou este seu brinco?", "Que idade você tem?", "Seu ex-marido já se casou outra vez?".
Numa festa, não se afaste do restante dos convidados e dos anfitriões para conversar com grupo pequeno de pessoas.
Poupe seus ouvintes de assuntos trágicos como acidentes e sequestros. Em uma festa, as pessoas querem espairecer, e não ficar tensas com temas pesados.
O bom humor também deve ser dosado. Fazer gracinhas a todo o momento pode incomodar e constranger.
Conversar com etiquetas

1Pedro 4:11 diz:Se alguém fala, fale de acordo com os oráculos de Deus...
Assuntos leves e descontraídos são sempre bem-vindos, principalmente quando pontuados por observações divertidas e interessantes.
Elogios sinceros e moderados são sempre bem-vindos e atraem simpatia para quem os faz. É educado relatar à pessoa elogios feitos por terceiros a ela. Se o elogiado seja você, agradeça discretamente.
Nas conversas formais, o tratamento deve ser "senhor" e "senhora". Nunca se refira a uma senhora chamando-a de "dona" ou "aquela mulher".
Quando citamos uma família, podemos dizer "Os Souza e Silva" ou "Senhor e Senhora José Afonso Souza e Silva", nunca "Os José Afonso Souza e Silva".
O marido deve se referir à esposa como "minha esposa", mas admite-se também o tratamento de "minha mulher". A mulher, por sua vez fala "meu marido".

Leia Também

0 comentários

Agradeço por comentar no blog.
A sua opinião ajuda a melhorar o blog.Deixa o seu link para que eu possa retribuir.
Volte sempre.

O que as pessoas comentam..

Postagem em destaque

As três Marias